Escolhendo o tipo de recepção para o seu casamento!

             Para a realização de uma recepção as preocupações são inúmeras, os anfitriões devem pensar no bem-estar de seus convidados, no que irão servir, como irão sentar, quanto tempo será servida a comida, entres outros detalhes. Daí a importância de planejar uma recepção de acordo com o grupo de convidados e o estilo do evento, principalmente em um casamento.

             Se o casamento for descontraído, pode ser utilizado um serviço mais informal; caso contrário, o serviço formal. O importante é conhecer os tipos mais comuns de serviços e maneiras de receber e seguir esses parâmetros com bom senso.

Entre muitas decisões que você deve tomar ao planejar o seu casamento, tem a escolha do estilo de serviço de alimentação. Inúmeros fatores devem ser levados em consideração, como a data, o horário, a estação do ano, o local que será realizada a recepção e a formalidade do seu evento. Diante disso, você deve optar por qual tipo de serviço será ofertado na sua recepção.

Hoje em dia, a decisão é muito mais difícil, há jantares em estilo familiar, há buffets variados, estações de comida, recepções em estilo de coquetel, com mini porções e até caminhões de comida a considerar. Para ajudá-lo a descobrir o melhor estilo de servir para sua comemoração, descrevemos cada uma dessas opções de alimentos, juntamente com os prós e contras de cada uma.

Eventos
Eventos

1. Buffet

     Seja para um almoço ou jantar, o buffet oferece aos seus convidados uma refeição completa e a oportunidade de escolher exatamente quais os alimentos e o quanto desejam. Os alimentos permanece quente ou frio por mais tempo, pois mantem-se em recipientes propícios até a hora de comer.

     Você pode, porém, ter que alugar todos os equipamentos do buffet ou então ter que pagar a mais por isso.

    O seu evento ganha um toque mais informal, devido aos convidados terem que sair de suas mesas para se servir. Muitas vezes a apresentação dos pratos não é tão fina e sofisticada, e os convidados acabam de comer em tempos diferentes.

Prós: São necessários menos garçons, gerlamente só para as bebidas e entradinhas,  assim você pode economizar algum dinheiro com as despesas da equipe de serviço. Os buffets tornam mais fácil oferecer aos hóspedes uma variedade de opções, o que é útil, pois fica mais fácil de agradar ao paladar de seus convidados.

Contras: Como cada mesa terá que esperar sua vez de ir ao buffet, pode demorar um pouco para que todos os convidados recebam sua comida; filas também podem se formar. Os hóspedes precisam servir a si mesmos e levar seus próprios pratos, que podem não ser tão elegantes quanto você gostaria. Os buffets também exigem quantidades maiores de alimentos, pois as pessoas tendem a comer mais quando se servem, o que aumentará seus custos com alimentos.

Nesse formato de recepção você ainda pode oferecer um brunch ou café colonial.

 

     O brunch é um termo em inglês utilizado para denominar a refeição que combina café da manhã com almoço. São eventos que começam pela manhã e terminam logo após o almoço. A variedade do cardápio costuma agradar todo mundo com mais facilidade.

     Permite que os convidados circulem livremente e escolham o que querem comer. Além de possibilitar uma maior interação entre os convidados e conversas durante os comes e bebes, tornando o ambiente leve e descontraído. 

     Você economiza em alguns itens – casamentos de dia não demandam investimento em iluminação e nem necessitam de variedade de bebidas alcoólicas, por exemplo. E esse tipo de serviço costuma ser mais rápido, como uma breve recepção. Lembre-se, porém, de avisar seus convidados sobre esse formato de evento.

     Já o café colonial é realizado entre a tarde e o começo da noite, esse serviço engloba aspectos de um buffet e de uma refeição sentada. Você pode servir comida em travessas sofisticadas, sanduíches gourmets, diversos doces e bolos típicos de sua região, bebidas quentes e frias, montando como um buffet e com garçons para servir apenas algumas bebidas.

     Além disso, é um serviço mais econômico, muito propício para um evento ao ar livre e sua recepção acaba sendo mais curta.

2. Empratado

     No serviço empratado, sendo seu evento realizado em um almoço ou jantar, os convidados são servidos por garçons. Os pratos são preparados na cozinha e servidos em seguida diretamente na mesa para os convidados. 

     Como seria de esperar, é um serviço um pouco mais caro. Mas, os convidados podem relaxar e sentar-se confortavelmente, sem ter que levantar para se servir e tem mais tempo para conversar. Deixa seu evento mais intimista e sofisticado.

     É o serviço, no qual os convidados estão sentados e servem um jantar formal. Normalmente, os convidados recebem três pratos: entrada, prato principal e sobremesa (às vezes um quarto prato – um intermediário ou um aperitivo antes da entrada).

     Os pratos são muito bem elaborados e a sua apresentação é feita com delicadeza e cuidado.

Prós: O buffet sabe com antecedência quanto de cada prato precisam preparar para os convidados, de acordo com o número de convidados estimado, assim não há um desperdício tão grande de comida e o valor cobrado é mais exato. Todos na mesa pegam sua comida ao mesmo tempo.

Contras: Esse serviço requer mais garçons para servir a refeição aos convidados. As opções de comida são limitadas ao que você escolheu durante a degustação; portanto, se houver muitos convidados exigentes, há uma chance de eles não comerem todos os pratos.

3. Coquetel - Finger Food

     No finger food você oferece diversos canapés, mini sanduíches, mini porções, em vez de uma refeição completa, porém os convidados ficam, na maioria das vezes, em pé. A variedade de lanches depende da duração da festa. Combina com diferentes tipos de eventos, desde sociais até os corporativos.

     Os coquetéis podem estar dispostos em uma mesa ou serem servidos por garçons diretamente para o convidado. É o tipo de comida para quem busca praticidade para a sua festa. Sem que seja necessário utilizar pratos e talheres, a ideia do Finger Food é que os convidados possam comer com as próprias mãos.

     Esse estilo de recepção é uma boa opção para casais que desejam uma atmosfera mais casual e para que seus convidados se misturem e se encontrem. Normalmente, os garçons circulam por duas horas.

Prós: Você economiza com a locação de mesas e cadeiras, e também de talheres, além de aumentar o espaço para realizar o evento. Assim, se o seu local é pequeno você pode aumentar sua lista de convidados. Esse tipo de recepção permite que os noivos circulem facilmente e conversem com todos. 

Contras: Alguns convidados podem não ter participado de uma recepção de coquetel antes, então deixe explícito como será a sua recepção. Embora os custos com alimentos possam ser mais baixos, é provável que seus convidados bebam mais do que na recepção do jantar, portanto, os custos com bebidas podem aumentar.

4. Estações de Comida - Ilhas Gastronômicas

      As estações de comida podem ser de sobremesas e aperitivos ou até mesmo com pratos principais e serem organizadas como um buffet, oferecendo uma maior variedade de pratos.

     Não menos satisfatório que uma refeição sentada/aberta por muito mais tempo que um buffet, as estações de alimentos se tornaram muito populares para recepções de casamento. O conceito divide suas exibições de comida – diferentemente de um buffet que orienta todos pela comida na mesma ordem – com tabelas diferentes oferecendo coisas diferentes, geralmente por categoria. As estações são uma ótima maneira de incorporar um tema à sua comida (por exemplo, estações “ao redor do mundo”, onde os alimentos de diferentes países estão representados em cada tabela).

     A comida praticamente se torna o entretenimento da festa. Na maior parte, os convidados não possuem assentos e mesas, então eles estão livres para se movimentar, facilita para os noivos cumprimentarem a todos, mas o evento se torna bem mais informal.

     Funciona para qualquer tamanho de casamento, contanto que hajam estações suficientes para atender a todos.

Prós: Estações de comida e apresentações criativas dão um fator visual impressionante e agradam a platéia apenas por esse motivo. Os seus convidados apreciarão a grande variedade de pratos e o elemento interativo, e como as estações ficam espalhadas por todo o espaço, eles provavelmente não terão que esperar na fila (por muito tempo, pelo menos).

As estações são contratadas anteriormente, cada qual com seus alimentos e cardápios, assim, seus convidados podem solicitar exatamente o que querem das opções ofertadas.

Esse estilo de refeição também promove muita interação entre os hóspedes.

Contras: O local da recepção precisará de amplo espaço para acomodar as estações e a infraestrutura para atendê-las. Além disso você precisa se preocupar com a decoração, estilos e organização dessas estações, para ficar algo harmonioso no seu casamento. Você também precisará de mais chefs ou cozinheiros nas estações preparando as comidas, adicionando à sua conta de serviço de buffet. As estações geralmente são ficam abertas servindo o seus convidado duas a três vezes a que o tempo de um buffet regular.

     Apesar de tantos fatores serem relevantes, o que mais importa nesse momento é o gosto do casal e tudo que planejam para esse grande dia!

     O que mais dificulta neste momento é saber se o cardápio escolhido agradará aos convidados, o que é um fator muito importante, porém não há um gosto universal, então não se prenda a essa questão para desenvolver o seu menu.

Escolha com muito carinho, atenção e seja cauteloso!

    Você não precisa de exageros, ou querer impressionar seus convidados. Preze por um menu saboroso e com certeza seu casamento será inesquecível assim como o que você servirá para todos!

AMANDA FRIZZO

Gastrônoma  |

Categorias